Cadeia logística ou de suprimentos? Entenda as diferenças

Quando falamos de cadeia logística, é comum relacionar o termo como sinônimo de cadeia de suprimentos. É bem verdade que ambos se confundem, afinal, as operações estão associadas e a integração é fundamental para o sucesso do negócio.

Entretanto, uma análise mais cuidadosa permite observar que se tratam de dois elementos distintos, que são, porém, dependentes entre si.

Por isso, nosso conteúdo de hoje vai abordar um pouco mais os conceitos e diferenças de cadeia logística e de suprimentos. Vamos lá?

O QUE É CADEIA DE SUPRIMENTOS?

A cadeia de suprimentos, ou supply chain, engloba todas as áreas de operação e ciclo de vida de um produto, ou seja, a cadeia de suprimentos é responsável desde a aquisição de matéria-prima para fabricar o produto até a entrega ao consumidor final. E claro que dentro desse processo existe a logística! Acho que agora já está ficando mais claro, né?

Dá uma olhadinha em mais algumas responsabilidades da cadeia de suprimentos, ou supply chain:

  • Compra de produtos e matéria-prima
  • Armazenamento e estocagem
  • Movimentação interna
  • Desenvolvimento de embalagem
  • Transporte

E mais.

Ou seja, a cadeia de suprimentos é uma das melhores maneiras do empreendedor planejar de maneira estratégica todos os processos relacionados a produtos na empresa.

O QUE É CADEIA LOGÍSTICA?

Por outro lado, temos a cadeia logística, ou somente logística, que faz parte da cadeia de suprimentos. A logística está diretamente ligada ao transporte e movimentação física de produtos, matérias-primas e demais elementos que compõem a cadeia de suprimentos.

Como a logística é um aspecto técnico importante para o supply chain, é comum confundir as duas coisas, já que estão intimamente conectadas.

E nesse aspecto, a cadeia logística fica responsável por:

  • Controle dos processos de distribuição
  • Transporte de entrada
  • Transporte de saída
  • Armazenagem
  • Logística reversa

E muito mais.

BENEFÍCIOS DA INTEGRAÇÃO ENTRE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS

Considerando que a cadeia de suprimentos permite uma visão mais abrangente de todas as etapas do processo, uma das grandes vantagens é a possibilidade de planejar com antecedência e buscar por melhores negociações junto aos demais elementos do processo, o que consequentemente garantirá vantagem competitiva ao seu negócio.

Imagine que sua empresa está preparando uma grande ação para dezembro, durante o período festivo, por exemplo, planejando oferecer produtos com desconto em grande quantidade.

Com o planejamento da cadeia de suprimentos você saberá que a matéria-prima “x” para o seu produto é muito mais disputada no final do ano, com isso, você tem liberdade de negociar melhores prazos, condições e valores junto ao fornecedor para que não fique sem estoque quando realmente precisar.

Parece interessante, né? E ainda tem mais!

  • Com planejamento você consegue localizar os melhores fornecedores
  • Você tem a possibilidade de prever oferta e demanda para seus principais produtos
  • Oportunidade de otimizar os canais de distribuição
  • Redução de custos
  • Aumento da eficiência

Entre outros.

Resumindo, a logística é uma etapa da cadeia de suprimentos responsável por garantir a movimentação, transporte e prazos de entrada e saída de todos os materiais que o supply chain previu e precisa.

A cadeia de suprimentos é o processo que tem por objetivo garantir o sucesso de todas as etapas de produção de um produto, desde o contato com o fornecedor que vai oferecer a matéria-prima, até a embalagem do produto e o envio para o consumidor final.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre o processo logístico e cadeia de suprimentos dentro de uma organização? Ela é super importante para que a empresa possa prosperar de forma saudável e se tornar cada vez mais competitiva no mercado.

Continue acompanhando o blog Rodoê para mais dicas, curiosidades e conteúdos do universo logístico.