Por que o Certificado Digital de Transporte é importante para as transportadoras?

Certificado Digital de Transporte

Comprar um produto em uma loja online é um processo simples para o consumidor. Basta apertar um botão, digitar os dados necessários e pronto. Mas para o e-commerce, o processo de entrega deste produto é bem complexo, pois exige um alto controle de qualidade. Então, hoje nós vamos falar sobre um documento importante neste processo, o CT-e, você sabe o que é o Certificado Digital de Transporte e por que ele é importante? Venha com a gente entender mais sobre. 

O envio de um produto é processo complexo

Empreendedores já perceberam que identificar o melhor tipo de frete é fundamental para qualquer empresa com necessidade de entregas junto a transportadoras.

Os tipos de frete influenciam nos custos do envio e seguro de mercadoria, por isso, investir no melhor serviço é essencial para melhorar a jornada de compras do seu cliente, garantindo a ele um preço justo e agilidade na entrega.

O que é o Certificado Digital de Transporte?

De forma simples e objetiva, o Certificado Digital de Transporte —  CT-e, também chamado de Conhecimento de Transporte Eletrônico —  busca comprovar a legalidade de qualquer serviço de transporte de carga, seja ele pelo modal rodoviário, aéreo, ferroviário, dutoviário, aquaviário ou multimodal.

Por que o Certificado Digital de Transporte é importante?

Este documento é super importante para que mercadorias sejam transportadas, dessa forma, todo empreendedor que opera transporte ou frete, independentemente da área de atuação, deve saber o que é CT-e para evitar problemas e irregularidades com o negócio.

Qual é o objetivo deste documento?

Um dos objetivos mais importantes deste certificado é facilitar a rotina tanto das transportadoras quanto dos órgãos fiscalizadores.

Não deixe de ler também: Cadeia de logística ou de suprimentos? Entenda as diferenças.

Principais vantagens do Certificado Digital de Transporte

Segundo o Serasa, as principais vantagens deste importante documento são as seguintes:  com ele, é possível emitir notas fiscais eletrônicas, obter o GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos) que organiza os documentos emitidos pelo contribuinte, além de diminuir erros de escrituração em razão do cadastro correto das informações.

O documento também, segundo o Serasa, impulsiona o relacionamento seguro com os clientes ao estabelecer um contato virtual com informações confiáveis, além de resguardar a empresa contra possíveis irregularidades.

Você conhece o nosso trabalho?

Na Rodoê, a nossa busca é auxiliar a sua empresa a otimizar processos e melhorar sua performance, trabalhamos para que a sua empresa possa diminuir os custos e fornecer serviços de entrega em diferentes modalidades, como: retirada nas lojas, entrega em lojas, next day delivery e econômica. Entre em contato com a nossa equipe para solicitar um orçamento.

Acompanhe também o nosso Instagram, toda semana tem conteúdo novo por lá.

Fonte: – Imagem: Negócio foto criado por jcomp – br.freepik.com